Última Hora

Opinião

Rússia invade a Ucrânia

Rússia invade a Ucrânia

8 de Março, 2022
Infelizmente, caro leitor, o que muitos não queriam que acontecesse, apesar de se adivinhar este desfecho, acabou mesmo por acontecer. Uma realidade triste, mas na minha opinião, tão verdadeira como assustadora. E na boa...
quotidianos

quotidianos

8 de Março, 2022
No jardim que entra pela janela do meu quarto, que há mais para ver? As flores mostram-se aos raios do sol que as banham com entusiasmo, os ramos carnudos das palmeiras ainda dormem – estarão a sonhar? – o verde dos...
“Next Generation EU”, a saga continua

“Next Generation EU”, a saga continua

23 de Fevereiro, 2022
Abriu-se mais um portão para a agricultura praticada em zonas vulneráveis. Zonas assim denominadas pela perigosidade de incêndio florestal e que se encontram identificadas na Portaria 301/2020. No nosso concelho, caro leitor,...
Meu caro amigo Abílio Belo:

Meu caro amigo Abílio Belo:

22 de Fevereiro, 2022
Pela primeira vez, após tantos anos e tantas viagens, cheguei a Díli, cansado já da longa viagem, e não encontrei o seu sorriso de boas vindas, nem tive o abraço de amizade que nos prendia a uma cumplicidade pessoal e...
Assobia para o lado

Assobia para o lado

22 de Fevereiro, 2022
Perto de metade dos eleitores portugueses não foram votar no último domingo de Janeiro. Terá sido do frio? Não me parece, caro leitor, tendo em conta as temperaturas diurnas amenas e preocupantes que este mês de Janeiro nos...
quotidianos

quotidianos

8 de Fevereiro, 2022
Das eleições legislativas, realizadas a 30 de janeiro, muito tem sido escrito e muito mais ainda poderá ser dito quer a nível nacional, quer na identificação das mudanças locais, com relevo para concelhos e distritos. Sem...
Assobia para o lado

Assobia para o lado

8 de Fevereiro, 2022
Perto de metade dos eleitores portugueses não foram votar no último domingo de Janeiro. Terá sido do frio? Não me parece, caro leitor, tendo em conta as temperaturas diurnas amenas e preocupantes que este mês de Janeiro nos...
“Rebéubéu pardais ao ninho”

“Rebéubéu pardais ao ninho”

25 de Janeiro, 2022
“Cerca de um terço das emissões mundiais de gases com efeito de estufa provêm dos sistemas alimentares, pelo que a agricultura é um dos principais factores que contribui para a perda de biodiversidade”. Esta, caro leitor,...
quotidianos

quotidianos

25 de Janeiro, 2022
Viver é muito perigoso, disse-o, em “Grande Sertão: Veredas,” João Guimarães Rosa. Nos dias de hoje, en inícios da segunda década do século XXI, viver é muito mais perigoso, poderá dizer cada um de nós, e pelas...
Um 2022 mais assertivo

Um 2022 mais assertivo

11 de Janeiro, 2022
Caro leitor, preciso de iniciar este ano de 2022 de uma forma assertiva. Não porque não o tenha sido, ou tentado sê-lo. Tenho-me esforçado nesse sentido. No entanto, confesso que nem sempre consigo acertar na fórmula dessa...