Última Hora

Opinião

Acompanhando o Atlético

Acompanhando o Atlético

17 de Novembro, 2015
Ao ver neste jornal, na publicação do passado 20 de Outubro, a fotografia de uma equipa de futebol do Formariz Atlético Clube, dos anos sessenta, vieram-me ao pensamento algumas lembranças dos desafios a que assisti, nesses...
Quotidianos

Quotidianos

17 de Novembro, 2015
No dia em que escrevo esta crónica, 11 de novembro, meu pai faria 100 anos. Se tal acontecesse, teria toda a família à sua volta e a sua força de viver seria ainda suficiente para soprar e apagar as velas. A vida é mesmo...
A sombra das palavras: A terra mais bonita do mundo

A sombra das palavras: A terra mais bonita do mundo

17 de Novembro, 2015
“Somos ou não somos a terra mais bonita do mundo?! Nunca se esqueçam disso.” Acompanhada de uma fantástica paisagem (vista do Monte da Pena), foi esta a frase que um amigo meu publicou no seu mural do Facebook num belo...
Pedra sobre pedra

Pedra sobre pedra

17 de Novembro, 2015
 Escrevi no Notícias de Coura do passado dia 25 de Outubro que, com estes resultados eleitorais, “o PS fica agora numa posição charneira, podendo ajudar uma maioria à direita ou criando condições para uma maioria à...
Apagar o fogo com gasolina

Apagar o fogo com gasolina

3 de Novembro, 2015
Sabe-se (a votação eleitoral do passado dia 4 não deixa disso a menor dúvida) que o país está dividido entre aqueles que mais afectados têm sido pelas medidas de austeridade impostas pela União Europeia, medidas que o...
Quotidianos

Quotidianos

3 de Novembro, 2015
Somos feitos de caminhos que se cruzam com pessoas, que jamais esquecemos, e por estes dias elas tornam-se mais presentes, não só porque recordamos as que partiram para sempre, mas também as que connosco convivem e tornam mais...
Casamentos sem namoros

Casamentos sem namoros

3 de Novembro, 2015
Repito vezes sem conta uma expressão famosa de um escritor grego: “A união faz a força”. Acredito veementemente que esta seja uma forma de progresso muito válida. Mas o mesmo escritor afirmou que, do mesmo modo que a...
Abril cor do diabo

Abril cor do diabo

3 de Novembro, 2015
Recordo com uma nitidez estonteante que a Páscoa, naquele ano de 1971, foi precisamente no dia 11, uma data banalíssima para muita gente menos para mim. Porque no dia seguinte, a segunda-feira mais marcante na minha vida, teria...
Quotidianos

Quotidianos

20 de Outubro, 2015
Há nomes de pessoas e lugares que jamais esquecemos, por mais distantes que estejam de nós. Hoje falarei de caminhos, dos seus nomes e de algumas memórias que me ficaram e que nunca me separei delas. A minha infância em Coura...
PEDRA SOBRE PEDRA

PEDRA SOBRE PEDRA

20 de Outubro, 2015
1. Votei nas eleições legislativas no Partido Socialista por dever de militância, mas também convicto de que António Costa é um candidato sério com capacidades para governar Portugal com sensibilidade social. Os resultados...